Categorias

O potencial de crescimento do mercado de cosméticos veganos no Brasil

Hoje, por conta da grande exposição que temos às informações, uma grande quantidade de pessoas tem se voltado para questões de ética animal e problemas ambientais. Sempre tivemos ativistas, porém, o conhecimento dos processos da indústria fez crescer o número de veganos e vegetarianos no mudo todo.

Segundo o IBOPE, 55% dos brasileiros disseram que consumiriam mais produtos veganos se estivessem indicados na embalagem. Como as preferências impulsionam o mercado, há cada vez mais espaço nas prateleiras para produtos que são feitos de forma natural, sem testes ou ingredientes animais.

O movimento vegano

A indústria usou e ainda usa animais para realização de testes dermatológicos, principalmente, por conta da resposta parecida com o corpo humano. Entretanto, esses processos são dolorosos, e como resultado adoecem e machucam esses animais.

Além disso, há também uma gama de ingredientes que são produtos de origem animal, como óleos, leite, entre outros, na formulação dos cosméticos. O veganismo consiste em não consumir produtos que sejam testados ou de origem animal.

Green Beauty

O Green Beauty é justamente o movimento que gira em torno de produzir para o consumo produtos que tenham mais naturais, orgânicos e éticos, pensando nos animais. Para isso, a empresa atua com certificação em suas embalagens, buscam substituição de derivados de animais em outros ingredientes e possuem um posicionamento ético firme em sua marca.

Os brasileiros e o mercado de cosméticos veganos

Como já dissemos, grande percentual afirma que consumiria preferencialmente produtos veganos se estivessem indicados em sua embalagem. Isso mostra o quanto o mercado consumidor brasileiro está aberto a esse tipo de produto. Assim, ainda que essa parcela não esteja adepta ao movimento vegano, entende o que o produto representa e escolhe optar por ele como prioridade.

Além disso, o brasileiro tem uma tendência a levar opiniões alheias em suas escolhas para consumo. Um exemplo dessa força é a gama de influenciadores que encontramos na internet, que aumentam exponencialmente as vendas de determinado produto apenas por indicar a seus seguidores.

Como consequência, quanto mais cresce o movimento e o mercado em torno dele, mais pessoas estão abertas a consumir esses cosméticos, ainda que não estejam de fato no movimento.

O potencial dos cosméticos veganos

Pensando em tudo isso, grande é o potencial que os cosméticos possuem em um futuro próximo. Os produtos obedecem ao cenário atual e tomam conta, timidamente, das prateleiras. Porém, os consumidores já procuram pelos selos de vegan e cluelty free em suas preferências, o que já demonstra o constante crescimento desse mercado.

Depois disso, podemos concluir que grande é o potencial do mercado de cosméticos veganos no Brasil. O brasileiro está cada vez mais informado e tendo suas preferências na hora de consumir, atento aos rótulos e certificações dos produtos.

Assim, as empresas que fabricam esses produtos devem tentar se adequar a esse novo cenário, atendendo ao público que procura por esse tipo de produto. Além disso, não aderir a esse grupo de consumidores é perder uma parcela considerável de vendas.

Interesse em matéria-prima? Conheça a nossa gama de produtos!