Goma Guar

A goma guar é um tipo de fibra alimentar solúvel, extraída do endosperma (parte da semente) do vegetal de espécie Cyamoposis tetragonolobus, usado na alimentação humana e do gado desde tempos antigos, especialmente na Índia e no Paquistão. Desde 1950, as sementes da planta de onde se extrai o guar têm sido processadas em goma guar e usadas como aditivo alimentar, como espessante ou como fibra alimentar. A goma guar é um polissacarídeo que, em contato com água, forma um gel altamente viscoso e é por isso que é usada pela indústria alimentícia como espessante, geleificante, emulsificante e estabilizante.

OBTENÇÃO:
O goma-guar é beneficiado por processo que inclui quebrar o grão, o que se pode fazer em moinho, e separar o embrião, por exemplo, em peneira, e/ou soprador, obtendo-se flocos. A seguir descascam-se os flocos, por exemplo, com leve atrito, obtendo-se endosperma. É possível também começar descascando o grão inteiro. Depois se quebra e a seguir separa-se o embrião do endosperma.
Em qualquer caso, este é então moído a disco e se necessário, peneirado.

Aplicação

  • Alimentos:
    • Sorvetes
    • Molhos (tomate, ketchup,
    • mostarda, de saladas)
    • Suco de soja
    • Iogurte
    • Pão de forma
    • Polpa de açaí
    • Petit suisse
    • Mousse
    • Chantilly
  • Cosméticos:
    • Condicionador de cabelo
    • Creme para pentear
    • Creme corporal
    • Mousse para cabelo
    • Shampoo

FUNÇÃO: Em cosméticos

  • Ligante
  • Estabilizador de emulsão
  • Formador de filme
  • Controlador de viscosidade